Project Details

Inventario Florestal para a SANEPAR

Estudos ambientais para a Companhia de Saneamento do Paraná

SANEPAR

Ano de inicio: 2019

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Saneamento

Localização: Araucária, Fazenda Rio Grande e Mandirituba  Estado: PR

Em junho de 2019 a equipe multidisciplinar da Ecossis Soluções Ambientais começou um novo projeto na Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

O objeto da contratação constituiu na elaboração de estudos ambientais desenvolvidos nas cidades de Araucária, Fazenda Rio Grande e Mandirituba, as quais fazem parte da Região Metropolitana de Curitiba (PR).

O primeiro foi um Estudo de Alternativas Ambiental e de Engenharia para as áreas de abrangência das Bacias Hidrográficas dos rios Faxinal, Maurício e Despique, indicadas para uso de abastecimento público, a fim de definir o melhor manancial para implantação em 2030 de uma Barragem de regularização de vazão para o Sistema Integrado de Curitiba e Região Metropolitana. O segundo foi a elaboração do Estudo e Relatório de Impacto Ambiental – EIA/RIMA para o local definido, com emissão de Licença Prévia.

A Sanepar

É uma empresa comprometida com a universalização do Saneamento Ambiental e tem por missão prestar serviços de Saneamento Ambiental de forma sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população.

A disponibilidade atual e a perspectiva do ingresso de novos recursos financeiros no setor de saneamento, permitem prever um considerável incremento no ritmo dos investimentos, e exige da Sanepar a contratação de estudos e projetos para atender esta crescente demanda e possibilitar a execução de novos empreendimentos beneficiando a população.

O atendimento de água para abastecimento público frente à demanda sempre crescente conforme previsto no Plano Diretor do Sistema de Abastecimento de água Integrado de Curitiba e Região Metropolitana de Curitiba – PD/SAIC RMC, elaborado em 2013, previu que “no confronto da produção atual com a demanda futura, serão necessários novos mananciais além de manter os existentes”.

Para o início dos trabalhos a Ecossis realizou reuniões com as lideranças comunitárias, visando a apresentação dos trabalhos a serem realizados nas localidades, bem como solicitar a anuência dos proprietários por escrito, de permissão para entrada de pesquisadores nas propriedades.

O EIA, o RIMA e os demais estudos ambientais foram elaborados por técnicos especializados para cada fragmento ambiental (meios físico, biótico e socioeconômico) e natureza do empreendimento. A equipe foi formada por Engenheiro Florestal; Engenheiro Civil; Engenheiro Ambiental; Geólogo; Engenheiro Químico; Arqueólogo e Engenheiro Agrônomo.

Para o desenvolvimento de todas as atividades/serviços, foram observados e atendidos os Manuais da Sanepar (Manual de Projetos de Saneamento da Sanepar – MPS, Manual de Obras de Saneamento – MOS), bem como legislações pertinentes, atendendo às orientações, prescrições, diretrizes e os itens indicados.

Após o término do projeto, a Ecossis também ficou responsável por indicar a Sanepar a viabilidade de contratar os futuros projetos e obras da Barragem nas localidades previstas no contrato.

Noticias do projeto: