Saiba Mais

projetos ecossis

Monitoramento Ambiental em áreas afetadas por naufrágio de Navio

A notícia do Navio Haidar, de bandeira libanesa, que afundou em dia 6 de outubro de 2015, com cinco mil bois vivos no porto de Vila do Conde, o maior do Estado do Pará, enquanto a embarcação desatracava com destino à Venezuela, é lembrada como uma das principais tragédias ambientais do Brasil.

Atualmente, essa importante pauta socioambiental vem ao encontro do projeto de Monitoramento Ambiental que a Ecossis Soluções Ambientais vai desenvolver para a Companhia Docas do Pará (CDP), que visa a renovação da Licença do Porto de Vila do Conde.

A equipe técnica da Ecossis, irá trabalhar na coleta de água nos corpos hídricos receptores que foram afetados pelo naufrágio, nas áreas do Porto, praias, igarapés, assim como uma praia no município de Abaetetuba. O estudo prevê uma análise completa de parâmetros físicos, biológicos, nutrientes, hidrocarbonetos e metais pesados.

As amostras coletadas nos igarapés do Dendê e Maria Coroa e no Rio Pará serão feitas em diferentes profundidades da interface água- atmosfera.  A análise conclusiva dos resultados será finalizada após quatro campanhas trimestrais de monitoramento.


Saiba mais sobre a Ecossis.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *