Saiba Mais

RESPONSABILIDADE-SOCIOAMBIENTAL

Planaveg – Programa brasileiro de restauração de florestas

 

Planaveg – Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa, surgiu da necessidade de ampliar e fortalecer as políticas públicas, incentivos financeiros, mercados, boas práticas agropecuárias e outras medidas necessárias para a recuperação da vegetação nativa brasileira. 

 

A restauração da vegetação nativa é de grande importância ambiental, social e econômica para o país. Ela irá contribuir para a recuperação da biodiversidade e do solo, geração e manutenção de recursos hídricos e redução e absorção de emissões de carbono. Economicamente, a prática promove a geração de emprego e renda não apenas no trabalho de recuperação, mas também a partir do uso e comercialização de produtos florestais e não florestais. 

A construção do Planaveg permitiu que fossem identificadas barreiras existentes para a recuperação da vegetação nativa, assim como o levantamento de práticas de sucesso no Brasil e no mundo. A versão preliminar do Planaveg foi apresentada em mais de 20 eventos nacionais e internacionais relacionados ao tema, e passou por um processo de consulta pública. 

Conheça agora as principais Iniciativas Estratégicas do Planaveg 

1) sensibilização da sociedade a respeito dos benefícios da recuperação; 

2) aumento da quantidade e da qualidade de sementes e mudas nativas; 

3) fomento a mercados relativos a produtos e serviços gerados de áreas em processo de recuperação; 

4) alinhamento e integração de políticas públicas; 

5) desenvolvimento de mecanismos financeiros de apoio às iniciativas de recuperação; 

6) expansão de assistência técnica e extensão rural; 

7) planejamento e monitoramento espacial; 

8) pesquisa, desenvolvimento e inovação. 

A implementação do Planaveg tem o potencial de criar oportunidades de negócios através da restauração e do reflorestamento. As estratégias do programa são baseadas em três eixos – motivar, facilitar e implementar – e busca suprir as lacunas e obstáculos que o Brasil encontra para recuperar sua vegetação nativa e viabilizar a restauração em larga escala. A proposta, se trabalhada em conjunto com outras políticas públicas já existentes, tem a capacidade de promover uma economia inclusiva, robusta e sustentável ao mesmo tempo em que se protege a biodiversidade. 

 

Fonte: wribrasil.org 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat