Saiba Mais

RESPONSABILIDADE-SOCIOAMBIENTAL

Turismo pode ajudar na preservação da Mata Atlântica

0

 

A Mata Atlântica tem apenas 7% de sua cobertura original preservada, reduzido a pequenos fragmentos espalhados pelo país. O maior deles abrange uma área contínua que vai do norte de Santa Catarina, pega todo o litoral do Paraná e vai até o sul de São Paulo. Para ajudar na preservação e valorizar esse único e grande fragmento contínuo da floresta surgiu o movimento Grande Reserva da Mata Atlântica. 

O movimento tem mais de 4 milhões de hectares, sendo cerca de 2,5 milhões de terra e 2 milhões de área marinha, e inclui mais de 45 municípios nos três estados. O grande objetivo na região é aliar a economia, via turismo, à conservação do bioma.

 

 

Turismo

Há turistas que vêm ao país direcionados para tentar conhecer e visualizar espécies de animais.  Marion disse que metade das espécies ameaçadas de extinção no Brasil estão na Mata Atlântica. São mais de 400 espécies ameaçadas nacionalmente e que só são encontradas na Mata Atlântica. Algumas dessas espécies são foco de pessoas que querem vê-las ao vivo. Entre elas estão a onça pintada, golfinhos, antas e aves. Seguindo o exemplo da Amazônia e do Pantanal, onde esse tipo de turismo é muito forte, o movimento afirmou que a Mata Atlântica também está tendo essa demanda turística. 

A expectativa do movimento Grande Reserva da Mata Atlântica é chegar até o final do ano com roteiros estabelecidos que possam ser vendidos por empresas do setor turístico. A possibilidade de parceria com o Ministério do Turismo, por meio da Embratur, não é descartada pelos integrantes do movimento, que somente no início deste ano passou a realizar um trabalho de divulgação. 

Fonte: istoe.com.br

Saiba mais sobre a Ecossis.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *