Project Details

INFRAERO

Manejo de fauna aeroporto Santos Dumont-RJ

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0041_LOGO-42-INFRAERO-e1520947337102

Ano de inicio: 2020

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Aeroporto

Localização: Rio de Janeiro  Estado: RJ

A Ecossis Soluções Ambientais iniciou em outubro de 2020, a execução do projeto de Manejo de Fauna no Aeroporto Santos Dumont, no município do Rio de Janeiro/RJ para a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – INFRAERO. 

Construído na década de 30 sobre um aterro à beira da Baía de Guanabara, o aeroporto Santos Dumont foi o primeiro aeroporto exclusivamente civil a ser inaugurado no Brasil. Atualmente, é o segundo aeroporto mais movimentado do estado do Rio de Janeiro depois do Aeroporto Internacional do Galeão e o sétimo mais movimentado do Brasil, em 2018. 

Este complexo aeroportuário está instalado em uma área de 833 mil metros quadrados, contando com duas pistas de pousos e decolagens com capacidade para 29 operações por hora, e dois terminais de passageiros, sendo um terminal de embarque e outro para desembarque. Essa estrutura oferece a capacidade para atendimento de 9,9 milhões de passageiros por ano, segundo a Infraero. 

Diversas condições presentes no aeroporto e seu entorno podem favorecer a presença de fauna que, por sua vez, aumenta a probabilidade de sua interação com aeronaves. Dessas interações, as colisões entre fauna, notadamente aves, e aeronaves, são as que mais representam risco à segurança da Aviação Civil. 

Objetivando reduzir os riscos dessas colisões, faz-se necessária a execução de ações de Manejo de   Fauna, contemplando a proposição, a implementação e o monitoramento de medidas mitigadoras e preventivas com relação ao risco da fauna no aeroporto. 

As atividades previstas na execução deste projeto são: 

  • ATIVIDADES DE VISTORIA E DE MONITORAMENTO: Vistoria do sítio aeroportuário, identificação e vistoria dos potenciais focos atrativos de fauna, registros de dados qualitativos e quantitativos da fauna encontrada, identificação dos indivíduos da fauna envolvidos em colisões com aeronaves, vistoria da área de segurança aeroportuária (ASA). 
  • MANEJO E MONITORAMENTO DE FAUNA: Proposição de manejo direto e indireto da fauna e dos focos atrativos, levantamento censitário com foco em aves e de focos atrativos na ASA, análises (Indicadores do Risco de Fauna) 
  • AÇÕES DE MITIGAÇÃO DO RISCO DA FAUNA: Mapeamento, identificação e monitoramento de focos atrativos. 
  • AFUGENTAMENTO, CAPTURA, RESGATE E DESTINAÇÃODOS ANIMAIS; 
  • ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CAPACITAÇÕES: Confecção de Materiais informativos, realização de palestras, cursos, treinamento e capacitações. 

A duração prevista deste projeto é de 30 meses. 

Além das atividades e ações previstas no projeto, a Ecossis também contribuirá com a exposição “Nas Asas da Ciência – Um Voo pelas Ilhas Cagarras”, com tema central sobre a biodiversidade do Monumento Natural das Ilhas Cagarras (MONA Cagarras), que acontecerá no Aeroporto Santos Dumont no período de 21 de dezembro de 2021 a 21 de fevereiro de 2022.  

A exposição é uma parceria do Museu Nacional Do Rio de Janeiro, ICMBIO, Infraero, Instituto Ecossis, Projeto Ilhas do Rio e EMOB-Life. 


Noticias do projeto: