Dia: 16 de maio de 2019

projetos ecossis

Esclarecimento e divulgação dos bens culturais acautelados

1

A equipe de arqueologia da Ecossis Soluções Ambientais, empresa de consultoria ambiental, esteve nos municípios de Cascavel, Corbélia, Anahy e Ubiratã para prospectar a área onde será executada a LDTA Cascavel Norte-Ubiratã, avaliando os Impactos ao Patrimônio Arqueológico da LDTA 138kV Cascavel Norte-Ubiratã (autorizado pela Portaria IPHAN no. 01508.001358/2016-87).

                                                        esclarecimento com comunidade          entrega de material

Além da vistoria e abertura de sondagens no local onde será realizado o empreendimento a equipe conversou a diretora Silvia Prado do Museu Histórico Celso Formighieri Sperança de Cascavel; a coordenadora Luiza Aparecida da Costa do Museu Patrimônio Histórico e Cultural de Ubiratã; a coordenadora pedagógica Patrícia Dalla Vecchia, da coordenadora das equipes pedagógicas da Secretaria Municipal de Educação e, a coordenadora Sidineia Lopes Camargo do Departamento de Educação de Anahy.

                                                        visita guiada ao museu          diretora do museu recebendo folder informativo

A arqueóloga Carla Verônica Pequini, representando a Ecossis, realizou uma entrevista no dia 27 de março de 2019, na Rádio Colméia que abrange todas as cidades do empreendimento. Na ocasião, foram tratadas questões sobre as atividades de licenciamento ambiental, tipos e datas de sítios arqueológicos encontrados na região, orientações de como proceder em caso de achados arqueológicos e convite para visitar o Museu Histórico Celso Formighieri Sperança que será o responsável pela guarda do material arqueológico.

                                                                         rádio colméia             rádio colméia

 

                                                  fachada museu            exposição museu

Além disso, a equipe também conversou com moradores das cidades e comércio da região, entregando folhetos ilustrativos que informavam à população a necessidade de serem realizados estudos arqueológicos em obras que modificam o meio ambiente e relembra-los do rico patrimônio natural e cultural local.

A hospitalidade e gentileza de todos surpreendeu a equipe, deixando boas recordações.

A Ecossis agradece a acolhida!

Saiba Mais

Madureira Shopping

0
Setores: Comércio e Serviços

O Madureira Shopping está localizado no bairro Madureira, zona norte do Rio de Janeiro/RJ. Madureira é conhecida pelas escolas de samba e baile charme, parque e, claro, por seu intenso comércio. Para atender as características do bairro e seus moradores o Madureira Shopping une conforto, comodidade, lazer e uma intensa participação na vida dos 45 mil clientes que passam diariamente pelos seus corredores.

A Ancar Ivanhoe – administradora responsável pelo shopping, se orgulha de possuir em sua rede um empreendimento que é reconhecido pelos consumidores por seus diferenciais.

Fonte madureirashopping.combr

Saiba Mais
RESPONSABILIDADE-SOCIOAMBIENTAL

Brasil não faz parte da lista de países com leis de restrição ao plástico

0

A cada ano, mais de 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos, provocando prejuízos à vida marinha, à pesca e ao turismo. O custo desses danos aos ecossistemas aquáticos gira em torno de, pelo menos, US$ 8 bilhões por ano. Esses são os dados revelados pelo estudo internacional Limites Legais sobre Plásticos e Microplásticos de Uso Único: Uma Revisão Global das Leis e Regulamentos Nacionaiselaborado pela ONU Meio Ambiente, em parceria com o World Resources Institute (WRI). 

restrição ao plásticoO levantamento analisou legislações referentes ao plástico em mais de 190 países. Em julho de 2018, 66% deles já tinham aprovado leis e restrições, incluindo aí taxas e impostos, sobre o comércio e a distribuição de produtos fabricados com esse tipo de material e infelizmente o Brasil não é um deles. 

No Brasil, existe um projeto de lei que restringe uso de plástico no país, mas ele ainda está em tramitação na Secretaria de Apoio à Comissão de Meio Ambiente do Senado, além disso, algumas cidades e estados já possuem algumas restrições que vigoram no âmbito estadual e municipal. É o caso do Rio de Janeiro, que foi o primeiro estado do país a proibir produtos com microesferas plásticas e Fernando de Noronha que baniu o uso e a venda de plásticos descartáveis. 

#ChegaDePlástico 

Se você acha que é hora do Brasil se juntar a tantos outros países e ter uma legislação mais moderna e sustentável, faça a sua parte! 

Uma pesquisa realizada pelo DataSenado, com mais de 6 mil pessoas, revelou que os entrevistados são majoritariamente a favor da proibição do uso de sacolas plásticas, utensílios descartáveis, cosméticos com micropartículas de plástico e sobretudo, canudinhos. Das pessoas que participaram da enquete no site do Senado, 83% afirmaram que são a favor de banir canudos plásticos. 

É preciso pressão popular para que o projeto de lei n263/2018 seja aprovado. Você pode dar sua opinião na consulta pública, no site do Senado, neste link. 

Abaixo da pergunta “Você apoia esta proposição”, basta você clicar SIM, após fazer um breve cadastro. 

Participe, compartilhe, chame outras pessoas a se engajar neste movimento para proteger o meio ambiente! 

 

Fonte: conexaoplaneta.com.br 

Saiba Mais