Project Categories: CORSAN

Monitoramento Ambiental para a CORSAN

Monitoramento da Água para Corsan

Monitoramento Ambiental para a CORSAN

Ano de inicio: 2017

Status: Concluído

Tipo de empreendimento: Estação de Tratamento de Esgoto – ETE de Osório

Localização: Osório

Estado: RS

A CORSAN contratou os serviços da Ecossis para execução do Monitoramento da Água da Lagoa dos Barros, localizada entre os municípios de Osório e Santo Antônio da Patrulha/RS, corpo hídrico receptor dos efluentes da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE de Osório.

A Lagoa dos Barros tem mais de 90km² de área, e os 6 (seis) pontos de amostragem determinados pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler – FEPAM, por meio da respectiva Licença de Operação da ETE de Osório, estão em: Praia de Osório, Praia Santo Antônio e Praia Central.

O monitoramento da qualidade da água é destinado a avaliar as condições do corpo hídrico receptor dos efluentes, para verificar a manutenção da qualidade da água de acordo com seu Enquadramento em classes estabelecidas pela Resolução CONAMA nº 357/2005. Desta maneira, as análises possuem grande importância, objetivando não somente o atendimento à legislação específica para tal uso, mas também para prevenção de implicações que podem ser prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana. As amostragens foram realizadas mensalmente, utilizando metodologias reconhecidas nacional e internacionalmente para coleta, transporte, entrega e análise.

Saiba Mais
Monitoramento Ambiental para a CORSAN

Monitoramento Aquático para Corsan

Monitoramento Ambiental para a CORSAN

Ano de inicio: 2018

Status: Concluído

Tipo de empreendimento: Barramento para Abastecimento Público no Arroio Passo do Portão

Localização: Glorinha

Estado: RS

Serviços Executados

Monitoramento de Fauna

A CORSAN – Companhia Riograndense de Saneamento contratou a Ecossis para realizar o Monitoramento de Invertebrados Aquáticos Bentônicos do Arroio Passo do Portão, localizado no município de Glorinha/RS. O objetivo deste monitoramento foi caracterizar a estrutura e funcionamento da comunidade de invertebrados aquáticos bentônicos, gerando subsídios para avaliar previamente os potenciais impactos que são causados a este grupo faunístico pela implantação de barramento definitivo, e propondo medidas para sua conservação.

A área onde foi realizado o estudo compreende o Arroio Passo do Portão, sendo 2 (dois) pontos de coleta e monitoramento a montante e 2 (dois) pontos a jusante do barramento de nível provisório, de enrocamento, junto à captação de água bruta no município de Glorinha, bacia hidrográfica do Rio Gravataí, Área de Proteção Ambiental – APA do Banhado Grande. As ações realizadas durante a execução deste projeto, entre dezembro de 2018 e dezembro de 2020, foram:

  • Caracterização da comunidade de invertebrados aquáticos bentônicos a montante e a jusante do barramento de nível provisório;
  • Determinação da riqueza e abundância relativa das principais famílias encontradas entre os pontos de monitoramento;
  • Determinação da densidade, diversidade de Shannon-wiener, equitabilidade de Pielou (J) e similaridade de Jaccard (J);
  • Avaliação das variações espaciais e temporais da composição, estrutura e funcionalidade da comunidade de invertebrados aquáticos bentônicos, comparando as variações de ocorrência nos distintos pontos amostrais;
  • Reconhecimento da variação temporal de parâmetros abióticos e sua relação com a comunidade de invertebrados aquáticos bentônicos;
  • Determinação dos potenciais impactos a este grupo faunístico pela implantação do barramento definitivo e;
  • Proposição de medidas para sua conservação.
Saiba Mais
Exibir perfil do(a) Ecossis Soluções Ambientais no Ariba Discovery