Project Categories: Monitoramento da Qualidade de Água

Foz de Chapecó

Monitoramento Ambiental na UHE Foz do Chapecó

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0010_LOGO-11-FOZ-DO-CHAPECO-e1520947282881-200x200

Ano de inicio: 2015

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: UHE

Localização: Chapecó  Estado: SC

Monitoramento Ambiental na UHE Foz do Chapecó

A Ecossis Soluções Ambientais desenvolveu o monitoramento Ambiental da UHE Foz do Chapecó, que visava o monitoramento da Área de Preservação Permanente – APP do reservatório da UHE, tendo por objetivo, coibir qualquer tipo de interferência que venha a ocorrer nesta área sem prévia autorização, afim de garantir a preservação ambiental e patrimonial dos locais que abrangem a APP, cumprindo assim as exigências dos órgãos ambientais e das legislações vigentes.

Aliado a este monitoramento, também era realizado o monitoramento de Macrófitas Aquáticas nos tributários que alimentam o reservatório, com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento das mesma, evitando infestações.

O monitoramento realizado diariamente, através de vistorias lacustres e terrestres, abrangendo toda a APP do reservatório da UHE Foz do Chapecó a fim de, registrar possíveis ocorrências de intervenções na área de preservação permanente, sendo que a equipe da Ecossis também prestava apoio à Foz Chapecó na entrega de notificações e em audiências.

Saiba mais sobre a UHE Foz do Chapecó em www.fozdochapeco.com.br

Saiba Mais

Monitoramento Ambiental para a CGTEE

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0005_LOGO-6-CGTEE-ELETRO-e1520947605783

Ano de inicio: 2012

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Termoelétrica

Localização: Candiota  Estado: RS

Serviços Executados

Programas de Monitoramento Ambiental

Desempenhando um papel crucial para a segurança energética do sul do País, a Ecossis executou para a Eletrobrás  – CGTEE, o Monitoramento das Estações Hidrométricas implantadas na Usina Termoelétrica Presidente Médici – Candiota/RS.

A Usina Termoelétrica Presidente Médici – UTPM – Candiota II, do tipo térmica a vapor, está localizada no município de Candiota/RS, distante 400 quilômetros de Porto Alegre. Sua construção aconteceu em duas etapas. A Fase A da Usina, com duas unidades de 63MW cada, foi inaugurada em 1974 quando foi integrada no Sistema Interligado Brasileiro. Seu combustível primário é o carvão mineral. No final de 1986 entrou em operação a Fase B, com duas unidades de 160 MW cada, totalizando 446 MW instalados.

O serviço contemplou Monitorar a Qualidade das Águas Superficiais e Transporte de Sedimentos em três estações Fluviométricas, sendo elas: Arroio Candiota Montante (ACM), Sanga Funda Montante (SFM) e Arroio Candiota Jusante (ACJ), pelo período de 1 (um) ano.
Parâmetros  monitorados:
· Temperatura;
· pH;
· Condutividade;
· Turbidez;
· DBO5;
· Transporte de Sedimentos.
Foram elaborados relatórios referentes a realização de cada amostragem, contendo:
Descrição dos procedimentos técnicos de coleta e preservação das amostras; Data de realização da amostragem; Registro fotográfico; Posição georeferenciada dos locais de coleta, em GPS, juntamente com um mapa mostrando os referidos pontos (no formato JPG); Parâmetros amostrados; Condições meteorológicas do período de amostragem; Descrição dos equipamentos utilizados na amostragem;

Laudos analíticos assinados por profissional habilitado para cada campanha contendo: Identificação da amostra analisada; Metodologias analíticas utilizadas; Modelo do instrumental analítico utilizado; Limite de Detecção do método; Tabela contendo os valores dos parâmetros analisados; Análise comparativa e interpretativa correlacionando os trabalhos realizados anteriormente na área, de forma a obter uma avaliação da evolução da qualidade do monitoramento; Conclusões e Recomendações decorrentes da análise e interpretação dos dados levantados durante todo o período de monitoramento e Determinação experimental da curva de vazão.

Benefícios da UTE Candiota

  • Maior aproveitamento do carvão nacional/gaúcho, com redução de preço, facilitando a alavancagem de novos empreendimentos na região de Candiota
  • Agrega energia firme para atendimento do mercado nacional
  • Impacta positivamente a economia da região (Metade Sul do Rio Grande do Sul) cujo desenvolvimento sócio-econômico por muito tempo manteve-se deprimido
  • Geração média de empregos: na construção: 1.500 empregos diretos e 3.000 empregos indiretos; na operação e manutenção: 250 empregos fixos
  • Operação com combustível nacional garantido, e sem risco cambial.

Para saber mais sobre a unidade da CGTEE de Candiota, acesse: http://cgtee.gov.br/UNIDADES/CANDIOTA

Saiba Mais

Monitoramento da Qualidade do Complexo Rio das Antas

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0011_LOGO-12---CERAN

Ano de inicio: 2018

Status: Ativo

Tipo de empreendimento: Energia

Localização: Municípios do Nordeste do RS

Estado: Rio Grande do Sul

Ecossis realiza o Monitoramento de Qualidade da Água nas Hidrelétricas do Complexo Rio das Antas – CERAN. 

A Ecossis foi contratada para realizar os serviços técnicos de coleta de água, análise e interpretação dos resultados nos reservatórios das Usinas Castro Alves, Monte Claro e 14 De Julho, estas usinas fazem parte do Complexo Rio das Antas – que fica no nordeste do estado do Rio Grande do Sul.

Este complexo atende mais de 630 mil famílias nos municípios de Antonio Prado, Bento Gonçalves, Cotiporã, Flores da Cunha, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Pinto Bandeira e Veranópolis, além de Carlos Barbosa, Caxias do Sul e Farroupilha. 

O programa de monitoramento da qualidade da água é destinado para avaliar as condições de um corpo hídrico e assim, classificá-lo de acordo com as definições apresentadas na legislação pertinente. Desta maneira, as análises possuem grande importância, objetivando não somente o atendimento à legislação específica para tal uso, mas também para prevenção de implicações que podem ser prejudiciais ao meio ambiente e a saúde humana. 

A CERAN tem como objetivo, ao realizar este Monitoramento, conhecer e acompanhar a variação da qualidade das águas superficiais no Rio das Antas, desde a montante da UHE Castro Alves até a defluência da água turbinada da Casa de Força da UHE 14 de Julho, em um trecho de aproximadamente 100 Km.

A Ecossis Soluções Ambientais executa este serviço utilizando-se de profissionais qualificados e com experiência na realização deste estudo, sendo efetiva na execução dos serviços. Possuindo parceria com laboratórios credenciados pelo INMETRO para a realização de análises laboratoriais e contando com equipamentos modernos e precisos para coleta das informações.

Saiba Mais
Montcalm

Monitoramento de Água Subterrânea para Montcalm em Rio Grande

Montcalm

Ano de inicio: 2018

Status: Ativo

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Rio Grande  Estado: RS

A Ecossis realiza o Monitoramento de Águas Subterrâneas, para a Fábrica de Tubos da Montcalm, localizada na cidade de Rio Grande, no Estado do Rio Grande do Sul. 

O projeto de Monitoramento da Qualidade da Água, teve seu início em agosto de 2018 e seu término esta programado para fevereiro de 2020, é realizado através de Campanhas de Monitoramento de Água Subterrânea, em 05 piezômetros localizados na Fábrica de Tubos da empresa Montcalm.

Em atendimento as condicionantes da sua licença de operação, a Ecossis realizará para a empresa cinco campanhas de monitoramento. Este projeto contempla as seguintes atividades: 

Coleta de amostras de água em 5 piezômetros localizados dentro da empresa. As amostras são coletadas em baixa vazão, atendendo os novos requisitos de padrão da FEPAM, órgão ambiental do Estado do Rio Grande do Sul.

Análise laboratorial das amostras, considerando os seguintes parâmetros ( Coliformes termotolerantes, Alumínio, alcalinidade total, Manganês, Cádmio, Chumbo, pH, condutividade elétrica, sólidos totais dissolvidos, Fósforo, Cobre, Zinco, Cloreto, Sulfato, Sódio, Potássio, Cálcio, Cromo, Flúor, Ferro, Nitrato, Nitrogênio total e turbidez e os elementos derivados de petróleo, PAH, TPH e BTEX; 

Os resultados das análises são em microgramas por litro, conforme CONAMA 396/2008, apresentados através de planilhas de monitoramento das águas subterrâneas, acompanhados do Laudo de Coleta e Amostragem; 

Apresentação da Cadeia de Custódia, Plano de Amostragem e Relatório de Ensaio para cada campanha.  

Este projeto tem o objetivo de avaliar as condições do corpo hídrico e assim, classificá-lo de acordo com a legislação. Desta maneira, as análises possuem grande importância, objetivando não somente o atendimento à legislação específica para tal uso, mas também para prevenção de implicações que podem ser prejudiciais ao meio ambiente e a saúde humana. 

Saiba mais sobre os empreendimentos da Montcalm (www.montcalm.com.br)

Saiba Mais
Open chat