Project Categories: Eletrosul

Eletrosul

Supervisão Ambiental de Obras da LT Palhoça – Blumenau

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0003_LOGO-4-ELETROSUL-e1520947850970-4

Ano de inicio: 2016

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: 

Linha de Transmissão

Localização: Gaspar  Estado: SC

Ecossis realizou para a Eletrosul, a supervisão ambiental e execução de programas ambientais das obras relacionadas ao seccionamento da LT 230 kv Palhoça – Blumenau, em Santa Catarina.

A Eletrosul Centrais Elétricas S.A. visando atender as condicionantes da Licença de Instalação (LI) e obtenção da Licença de Operação (LO), realizou a execução de diversos programas ambientais na obra da LT 230 kV Palhoça – Blumenau, para SE Gaspar 2, e instalação de equipamentos na SE Gaspar 2, localizada em Gaspar/SC.

A Linha tem uma tensão de 230 kV com uma extensão aproximada de 2 km.

As atividades  desenvolvidas consistiram na execução da supervisão ambiental do empreendimento, cujo objetivo foi a inspeção e o controle da implantação das medidas de mitigação contidas nos programas ambientais, além da orientação à empresa executora da obra. Aliadas à execução da supervisão ambiental, também foi promovidas as seguintes ações:

  • Acompanhamento da supressão da vegetação, com orientações visando minimizar os impactos decorrentes desta atividade;
  • Condução de palestras e reuniões, dentro do programa de educação ambiental (PEAT) para os funcionários da obra, e para a comunidade atingida (PEA);
  • Afugentamento e resgate da fauna silvestre impactada pelo empreendimento;
  • Gerenciamento da destinação final de resíduos sólidos e líquidos;
  • Suporte para o programa de Comunicação Social.

O Programa de Supervisão ambiental justifica-se pela necessidade de gestão dos potenciais impactos ambientais decorrentes das obras do empreendimento LT 230 kV Palhoça-Blumenau para Gaspar 2 e Ampliação da SE Gaspar.

A Ecossis teve o privilégio de firmar contrato com a Eletrosul e desenvolver estas atividades, minimizando os impactos na região.

Saiba mais sobre a Eletrosul em www.eletrosul.gov.br

Figura_Localizacao

Saiba Mais
Eletrosul

Pacuera da UHE Passo São João para a Eletrosul

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0003_LOGO-4-ELETROSUL-e1520947850970-5

Ano de inicio: 2010

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: UHE

Localização: São Luis Gonzaga   Estado: RS

Ecossis realizou para a Eletrosul o Pacuera da UHE Passo São João no Rio Grande do Sul

A Eletrosul Centrais Elétricas S.A., controlada da Eletrobras, colocou em operação, no mês de março de 2012, a primeira unidade geradora da Usina Hidrelétrica (UHE) Passo São João, no Noroeste do Rio Grande do Sul. O empreendimento foi um marco do retorno da estatal à geração hidrelétrica e da recomposição de seu parque de usinas, inteiramente privatizado no final da década de 90.

A UHE Passo São João aproveita o potencial hidrelétrico do Rio Ijuí e gera até 77 megawatts (MW) – tendo duas unidades geradoras com 38,5 MW cada – energia que atende ao consumo de aproximadamente 580 mil habitantes.

Foram investidos aproximadamente R$ 595 milhões nesse empreendimento que integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Nacionalmente, a UHE Passo São João aumentou a qualidade e a segurança do sistema elétrico. Durante as obras, foram gerados perto de 2,7 mil empregos diretos e indiretos.

No decorrer das obras, foram desenvolvidos vários programas ambientais, que contemplaram ações como a recuperação de áreas degradadas, reposição florestal e de conservação de espécies ameaçadas da fauna local. No canteiro de obras, o cuidado com o gerenciamento dos resíduos foi permanente.

A Ecossis Soluções Ambientais elaborou o Plano de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório Artificial – PACUERA e a Implantação do Monitoramento das comunidades de Macrófitas Aquáticas durante e após o enchimento do reservatório da UHE Passo São João, conforme determinava o programa do Plano Básico Ambiental (PBA) do reservatório.

Os objetivos do monitoramento eram identificar e mapear as áreas de ocorrência de populações de macrófitas na futura área de inundação da UHE Passo São João, a montante da área de influência da usina, incluindo meandros, afluentes, corpos d’água e banhados adjacentes, considerando a futura cota operacional do reservatório.

Posteriormente avaliar e indicar o método para controle de focos de macrófitas identificadas como possíveis infestantes.

Para saber mais sobre a Eletrosul e sobre a UHE Passo São João, acesse www.eletrosul.gov.br

Saiba Mais

Monitoramento de Ictiofauna na PCH do Rio Chapéu

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0003_LOGO-4-ELETROSUL-e1520947850970-1

Ano de inicio: 2015

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: PCH/CGH

Localização: Santa Lima Rosa  Estado: SC

Serviços Executados

Monitoramento de Fauna

Ecossis executou para a Eletrosul o Monitoramento de Ictiofauna  para a Pequena Central Hidrelétrica Barra do Rio Chapéu – UHBC.

Os serviços executados para a Eletrosul durante o Monitoramento da Fauna Íctica compreenderam:

Acompanhar os efeitos produzidos pelo empreendimento sobre as comunidades de peixes;
Avaliar qualitativa (riqueza) e quantitativamente (abundância) as espécies capturadas;
Comparar a comunidade ictiofaunística entre os diferentes pontos de coleta por meio de índices de diversidade alfa (Shannon) e beta (Jaccard ou Sorensen) e análises de agrupamento;
Classificar as espécies quanto à estratégia alimentar e reprodutiva (guildas tróficas e reprodutivas);
Aferir dados biométricos (massa e tamanho) dos espécimes coletados durante o Monitoramento de Ictiofauna;
Descrever os pontos de coleta quanto à complexidade estrutural, substrato das margens e leito do rio, vazão, estado de conservação da mata ciliar, uso de solo do entorno e proximidade com potenciais fontes de poluição a montante;
Identificar as espécies ameaçadas, raras e/ou endêmicas, bem como as espécies exóticas, com ênfase nas exóticas invasoras;
Realizar o depósito de exemplares em museu zoológico reconhecido;

O Trabalho teve duração de aproximadamente dois anos, com a apresentação de um relatório conclusivo ao final do Monitoramento.

Saiba mais sobre a Usina Barra do Rio Chapéu.


Saiba mais sobre a Ecossis

Fundada em 2006 pelos biólogos Gustavo Leite e Juliano Moreira, a Ecossis Soluções Ambientais nasceu para atender à uma crescente demanda da sociedade por soluções ágeis e eficientes na área de meio ambiente. Este mesmos pilares norteiam a política, valores e princípios de trabalho até hoje em todos seus projetos.

A Ecossis Soluções Ambientais é uma empresa de meio ambiente que presta serviços de assessoria e consultoria ambiental para os mais diversos setores da sociedade tais como, infra-estrutura, energia, mineração, agronegócio, órgãos públicos e entre outros.

Nossas soluções  buscam ser economicamente viáveis, socialmente justas e ambiental corretas, tendo como base na legislação e as peculiaridades de segmento que atuamos, para que todos nossos clientes, não somente tenham satisfação com nossos serviços, mas que seus projetos alcancem o desenvolvimento sustentável.

Saiba Mais
RAS para Parque Eólico da Eletrosul

RAS para Parque Eólico da Eletrosul

Ano de inicio: 2012

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Usina Eólica

Localização: Santana do Livramento

Estado: RS

Serviços Executados

Relatório Ambiental Simplificado – RAS

Ecossis realizou estudos complementares para o Relatório Ambiental Simplificado – RAS de Parque Eólico da Eletrosul no RS.

A Ecossis realizou no ano de 2012 o RAS do Parque Eólico Coxilha Negra, localizado na cidade de Santana do Livramento no Rio Grande do Sul, cidade que fica na fronteira com o Uruguai.

O Relatório Ambiental Simplificado – RAS é uma das exigências do Ibama, órgão licenciador, para a obtenção do licenciamento do parque Eólico Coxilha Negra, que foi implantada em Santana do Livramento, pertencente à Eletrosul –  Centrais Elétricas.

A implantação do parque Eólico, com uma capacidade de 238MW, foi dividida em dez módulos, ocupando uma área total de 6.430,71 ha.

Os Estudos Ambientais visaram a complementação do RAS referente aos capítulos, Flora e Ecossistemas.

O Plano de Campo contemplou:
– Análise e definição em imagem georreferenciada dos pontos a serem percorrido em campo;
– Levantamento de Campo por meio de uma equipe com conhecimentos do Ecossistema do local e da vegetação.
– Classificação dos ecossistemas das Áreas de Influência Direta e Indireta (AID e AII), de forma georreferenciada, as diferentes unidades da paisagem existentes com geração de mapas ;
– Escalas de 1:50.000 e 1:25.000 para a AII e AID, respectivamente.
Foi fornecido a acuracidade dos mapas obtidos por meio do Índice Kappa e verdade-de-campo.

Para a Área de Influência Indireta – AII foi descrito as principais espécies vegetais nativas e exóticas com ênfase nas espécies vegetais raras, endêmicas e protegidas por lei, por espécie, classificadas por nível de ocorrência (local, regional ou nacional);
Para o levantamento da Área de Influência Direta – AID: Foi elaborado uma caracterização através de mapa de vegetação original e atual; caracterizando as formações nativas quanto ao estágio de sucessão. No mapeamento foi incluído a demarcação dos locais de ocorrência de cactáceas endêmicas, raras ou ameaçadas.

A implantação de um Parque Eólico traz grandes benefícios para a cidade e região, pois produz atividade econômica e renda ao município. A equipe da Ecossis tem orgulho de fazer parte do processo de estudos ambientais que viabilizem a implantação de energias alternativas pelo País.

Para saber mais sobre os empreendimentos da Eletrosul acesse http://www.eletrosul.gov.br

Saiba Mais
Eletrosul

Pacuera para UHE São Domingos no Mato Grosso do Sul

Ano de inicio: 2019

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Construção Civil

Localização:   Estado: MS

Ecossis desenvolveu para a Eletrosul o Pacuera-Plano de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório, da UHE São Domingos no MS.

A Usina Hidrelétrica de São Domingos instalada pela Eletrosul Centrais Elétricas esta localizada em Ribas do Rio Pardo e Água Clara no Mato Grosso do Sul.

Com uma potência de 48MW atende mais de 700 mil pessoas e produz energia a partir da transformação da energia potencial hidráulica em energia elétrica. Está implantada no rio Verde, entre os municípios de Água Clara (margem esquerda) e Ribas do Rio Pardo (margem direita), região nordeste do Estado de Mato Grosso do Sul. É uma usina a fio d’água, ou seja, seu reservatório tem somente a função de manter o desnível necessário para a geração de energia.

A obra foi concluída em 2011 e a Ecossis realizou o Plano de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório (PACUERA), O monitoramento de Processos Erosivos do Reservatório e os estudos ictiológicos complementares da UHE São Domingos.

O Pacuera e demais estudos contemplaram:

Diagnóstico Preliminar ;
Elaboração de Mapas, Análise, Zoneamento e Proposta Preliminar;
Consulta Pública;
Consolidação do Plano e Projeto de Sinalização de APP – Área de Preservação Permanente.

Saiba mais sobre a UHE São Domingos em http://www.eletrosul.gov.br/


Saiba a importância do PACUERA

Em virtude da instalação de reservatórios artificiais para geração de energia, abastecimento da população e irrigação, uma nova Área de Preservação Permanente – APP é estipulada. A fim de manter a integridade deste novo corpo hídrico e garantir a preservação desta nova APP e de seu entorno, é necessário que seja realizada a gestão destas áreas.

O Pacuera é uma importante ferramenta de planejamento, controle ambiental e operacional que busca compatibilizar interesses diversos em relação à utilização das suas águas e dos solos no seu entorno, a fim de evitar a degradação do ambiente e maximizar benefícios socioeconômicos que poderão decorrer do empreendimento.

Saiba Mais
Open chat