Project Categories: Plano de Controle Ambiental (PCA)

Estudos Ambientais para o Banco do Brasil licenciar Aeródromos em MG

Estudos Ambientais para o licenciamento de Aeródromos em MG

A Ecossis  desenvolveu diversos estudos ambientais para o Banco do Brasil.

Os estudos fazem parte do convênio entre a Secretaria da Aviação Civil – SAC e o Banco do Brasil, que contratou a Ecossis com a finalidade de realizar a elaboração de estudos ambientais especializados e necessários para a obtenção do licenciamento ambiental das obras de instalação, reforma e regularização, dos aeródromos (pequenos aeroportos) localizados nos municípios do Estado de Minas Gerais

Os serviços executados compreenderam a Assessoria e Elaboração de estudos, relatórios, planos e projetos, sendo Estudos de Impacto Ambiental e respectivo Relatório (EIA-RIMAs), Planos de Controle Ambiental (PCAs), Relatórios Ambientais Simplificado (RAS) e Relatórios de Controle Ambiental (RCA), para o licenciamento ambiental e regularização dos 29 aeródromos  localizados no estado de Minas Gerais.


Saiba mais sobre a Ecossis

Fundada em 2006 pelos biólogos Gustavo Leite e Juliano Moreira, a Ecossis Soluções Ambientais nasceu para atender à uma crescente demanda da sociedade por soluções ágeis e eficientes na área de meio ambiente. Este mesmos pilares norteiam a política, valores e princípios de trabalho até hoje em todos seus projetos.

A Ecossis Soluções Ambientais é uma empresa de meio ambiente que presta serviços de assessoria e consultoria ambiental para os mais diversos setores da sociedade tais como, infra-estrutura, energia, mineração, agronegócio, órgãos públicos e entre outros.

Nossas soluções  buscam ser economicamente viáveis, socialmente justas e ambiental corretas, tendo como base na legislação e as peculiaridades de segmento que atuamos, para que todos nossos clientes, não somente tenham satisfação com nossos serviços, mas que seus projetos alcancem o desenvolvimento sustentável.

Saiba Mais
Elaboração de Estudos Ambientais para a CESAN

Elaboração de Estudos Ambientais para a CESAN

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0025_LOGO-26-CESAN-e1519843449261

Ano de inicio: 2017

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Saneamento

Localização: Vitória  Estado: ES

A Ecossis realizou para CESAN a Elaboração de estudos ambientais, compreendendo um Relatório de Controle Ambiental – RCA, um PACUERA e um PRAD, para a Barragem do Rio Jucu no ES.

A CESAN – Companhia Espírito-Santense de Saneamento contratou a elaboração do Relatório de Controle Ambiental (RCA), Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entrono de Reservatório Artificial (PACUERA) e Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), estes foram desenvolvidos para atender os termos de referência e legislação específica dos órgãos ambientais do Espírito Santo, responsáveis pelo Licenciamento Ambiental da Barragem do Rio Jucu – Braço do Norte/ES.

Os estudos realizados para CESAN foram necessários devido a implantação de Barragem no Rio Jucu, concebida para a reservação de água, minimizando efeitos de estiagens prolongadas, e garantindo vazão firme para abastecimento da região metropolitana de Vitória nos próximos anos, uma vez que a captação atual é feita a fio d`água.

O RCA apresentou a descrição geral do projeto, estudos de alternativas locacionais, identificação da área de influência do empreendimento, diagnóstico ambiental da área de influência (meio físico, meio biótico, meio antrópico), prognóstico ambiental, relatório fotográfico e conclusões.

O PACUERA contemplou o embasamento legal, objetivos, informações gerais, caracterização da barragem de abastecimento público e seu entorno, diagnóstico socioambiental, descrição das medidas de conservação e do uso no entorno do reservatório, relatório fotográfico, bibliografia.

O PRAD continha as informações gerais com diagnóstico da área a ser recuperada e do entorno da área a ser recuperada, objetivo da recuperação, planejamento da recuperação, resultados esperados e cronograma físico, definições, justificativas e dados do responsável técnico.

Abaixo reportagem publicada, após a assinatura do contrato e reunião técnica, realizada entre os membros da CESAN e o Diretor técnico da Ecossis, Sr. Juliano Moreira e o gerente de Projetos, Jean Antônio.

IMG-20170614-WA0014_resized

 

Saiba mais sobre a Companhia Espírito Santense de Saneamento em www.cesan.com.br

Saiba Mais

PCA e RCA para Aeroporto da Infraero no MS

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0041_LOGO-42-INFRAERO-e1520947337102

Ano de inicio: 2019

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Órgão Público

Localização: Corumbá  Estado: MS

A Ecossis executou para a Infraero o RCA e o PCA para a Regularização do licenciamento ambiental do Aeroporto de Corumbá – MS junto ao IBAMA. 

O RCA é o Relatório de Controle Ambiental e consiste em um instrumento exigido como parte do processo de regularização ambiental de atividade enquadrada pelo órgão ambiental competente, como efetiva ou potencial causadora de impacto ambiental.  

O RCA e PCA elaborado pela Ecossis para a Infraero englobou as atividades desenvolvidas no aeroporto, as instalações existentes e as áreas patrimoniais do aeroporto, este projeto tinha como objetivo obter o licenciamento ambiental junto ao IBAMA do Mato Grosso do Sul, especificamente a obtenção da Licença de Operação – LO das atividades das instalações já existentes. 

Os estudos que foram realizados pela equipe da Ecossis foram elaborados em conformidade com as exigências das seguintes legislações: 

  • Legislação Aplicável; 
  • Proteção ao Meio Ambiente; 
  • Licenciamento Ambiental Federal; 
  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA; 
  • Aviação Civil; 
  • Legislação Estadual; 
  • Legislação Municipal; 
  • Perigo e Gestão da Fauna; 
  • Resíduos Sólidos; 

O projeto que a Ecossis executou continha em seu escopo a realização do Diagnóstico Ambiental da área de Influência, Identificação e Avaliação de Impactos Ambientais e a proposição de medidas mitigadoras. 

O Plano de Controle Ambiental – PCA apresentado possui os planos e programas ambientais que devem ser implementados no Aeroporto de Corumbá no final do projeto. Estes programas têm o intuito de monitorar e controlar os impactos socioambientais, assim como aferir a eficiência das medidas mitigadoras propostas. 

Fazem parte do PCA apresentado os seguintes planos e programas: 

  • Plano de Manejo de Fauna Silvestre em Aeródromos; 
  • Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS; 
  • Programa de Monitoramento de Efluentes; 
  • Programa de Controle de Ruídos; 
  • Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental; 
  • Plano de Ação de Emergência; 
Saiba Mais

Plano de Controle Ambiental para CODEBA

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0026_LOGO-27-CODEBA-e1519843958117

Ano de inicio: 2020

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Infraestrutura e Saneamento

Localização: Porto de Ilhéus  Estado: BA

 Ecossis executa o Plano de Controle Ambiental para a CODEBA – Companhia das Docas do Estado da Bahia, no Porto de Ilhéus. 

O projeto elaborado e executado pela Ecossis tem como objetivo principal realizar adequação do Plano de Controle Ambiental (PCA) para o pleno cumprimento das condicionantes ambientais, além de prestar apoio técnico à gestão ambiental do Porto Organizado de Ilhéus. 

O projeto foi dividido em 2 fases, sendo que a Fase 1, já concluída, foi a realização da adequação do Plano de Controle Ambiental (PCA) do Porto Organizado de Ilhéus às recomendações do Parecer Técnico do IBAMA e do Plano de Gestão Ambiental (PGA). 

A fase 2, que iniciou em março de 2020, trata da implantação e execução dos planos e programas ambientais, bem como a realização de atividades de acompanhamento e supervisão das atividades e ações de controle ambiental realizadas durante a operação. 

Os planos e programas do PCA foram separados em blocos de atuações que serão realizados durante os próximos 12 meses: 

BLOCO 1: GESTÃO  

    • Programa de Gestão Ambiental;  
    • Programa de Auditoria Ambiental. 

BLOCO 2: MEIO FÍSICO 

    • Programa de Gerenciamento de Efluentes; 
    • Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos; 
    • Programa de Gerenciamento das Emissões Atmosféricas; 
    • Programa de Gerenciamento de Ruídos; 
    • Programa de Gestão e Monitoramento da Linha de Costa; 
    • Plano de Dragagem de Manutenção. 

BLOCO 3: MEIO BIÓTICO 

    • Programa de Monitoramento da Qualidade das Águas, Sedimentos e Monitoramento da Biota Aquática; 
    • Programa de Verificação do Gerenciamento da Água de Lastro dos Navios; 
    • Programa de Recuperação de Áreas Degradadas. 

BLOCO 4: MEIO SOCIOECONÔMICO 

    • Programa de Educação Ambiental; 
    • Programa de Educação Ambiental para os Trabalhadores; 
    • Programa de Comunicação Social; 
    • Programa de Apoio às Comunidades de Pesca; 
    • Programa de Articulação Institucional. 

O primeiro programa executado, o PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTALiniciou em março de 2020 e aborda o processo de gerenciamento das ações ambientais vinculados a planos e programas ambientais, com vistas ao cumprimento da Licença de Operação do Porto Organizado de Ilhéus, além de possibilitar o acompanhamento destes pelos órgãos ambientais e pela sociedade em geral. 

Em abril de 2020, foram realizadas atividades referentes aos programas de:

 

  • PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE EFLUENTES: levantamento dos pontos de drenagem e localização de instalações de tratamento e destinação dos efluentes, como caixa de passagem, caixa simples, fossas e bocas de lobo; 
  • PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: levantamento dos coletores de resíduos existentes no Porto de Ilhéus; 
  • PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS EMISSÕES ATMOSFÉRICASmonitoramento de fumaça preta e fechamento de orçamento com empresa especializada para monitoramento de material particulado; 
  • LOGOMARCA GESTÃO AMBIENTAL: criação de material gráfico do Porto de Ilhéus, no que diz respeito a identidade da Gestão Ambiental. 
  • PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA OS TRABALHADORESProdução de vídeo sobre gerenciamento de resíduos sólidos e realização de Diálogo Diário de Segurança e Meio Ambiente, neste evento foram tiradas dúvidas dos funcionários em relação ao correto armazenamento e quais resíduos são destinados a cada contentor, conforme a cor existente. 

A equipe envolvida neste projeto que contém um total de 17 programas e tem duração de 12 meses é multidisciplinar. As atividades de coordenação e execução de campo são realizadas por Biólogos, Eng. Ambientais e Cientista Social. 

Saiba Mais
Open chat