Project Categories: Gauchafarma

gauchafarma

Relatório de Sustentabilidade – Gauchafarma

gauchafarma

Ano de inicio: 2018

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Porto Alegre  Estado: RS

Serviços Executados

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade para a Empresa Gauchafarma

A Ecossis desenvolveu para a Gauchafarma, empresa do ramo atacadista, voltada a distribuição de produtos de saúde, higiene, beleza e bem-estar para todo o Sul do Brasil, o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, demonstrando o comprometimento da empresa com as questões relacionadas a sustentabilidade e o desejo de evoluir.

O objetivo foi relatar o desempenho da Gauchafarma no ano de 2017 nas esferas ambiental, social e econômica a todos os principais interessados em suas atividades, como acionistas, clientes, parceiros e colaboradores.

O Relatório de Sustentabilidade desenvolvido pela Consultoria da empresa Ecossis, seguindo os padrões da Global Reporting Iniative – GRI, organização internacional pioneira em relatórios de sustentabilidade.

Baseada na tabela de indicadores do GRI, foi possível levantar dados de desempenho econômico, dados ambientais como consumo de energia, água, descarte de efluentes e resíduos, dados da categoria social, como práticas trabalhistas (emprego, saúde e segurança do trabalho, ações CIPA, treinamentos e educação, diversidade e igualdade de oportunidades, pequenos aprendiz e CPD), direitos humanos, sociedade e responsabilidade pelo produto.

Questões específicas que se aplicam a vários indicadores também foram analisadas e estão no relatório, como, a relação da empresa com os seus fornecedores, as formas de contato das partes interessadas com a empresa, realização de campanhas de consumo consciente, marketing institucional, participação em feiras e eventos, prêmios e certificações recebidos no ano de 2017 e ações sociais realizadas também neste ano.

Relatório de Sustentabilidade 2017

Saiba Mais
gauchafarma

Assessoria Ambiental para a Empresa Gauchafarma

A Ecossis atendeu a Gauchafarma, empresa que está há mais de 30 anos distribuindo produtos relacionados à saúde, beleza e bem-estar, assessorando em todo o processo de Licenciamento Ambiental da sua base que esta localizada em Porto Alegre – RS.

No ano de 2017, a Gauchafarma passou por ampliações em seu depósito, devido a isso foi necessário renovar e modificar toda sua licença ambiental, onde foi dada a entrada na Licença Prévia junto a SMAM de Porto Alegre, para obras de ampliação da empresa Gauchafarma para a atividade depósito de produtos químicos e a elaboração de um PGRCC – Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil.

A Elaboração do PGRCC contemplou a avaliação dos procedimentos geradores de resíduos nas diferentes fases da obra, a classificação e enquadramento de acordo com as normas técnicas vigentes e a legislação, definição do gerenciamento a ser dado para cada categoria de resíduo, recomendações técnicas para redução, reaproveitamento e reciclagem dos resíduos, com a emissão de ART – Anotação de Responsabilidade Técnica, do profissional da Ecossis responsável pela elaboração do Plano.

Com a emissão da Licença Prévia – LP, foi iniciada a Assessoria Técnica Ambiental para a obtenção da Licença de Instalação para o depósito de produtos químicos com 3.995 m².

Este processo iniciou com a elaboração de relatório técnico contendo as medidas a serem implementadas para o descarte de efluentes líquidos da atividade atendendo à resolução CONSEMA n° 355/2017 referente a controle de poluição hídrica. Elaboração de listagem de todos equipamentos geradores de emissões atmosféricas, com os respectivos combustíveis a serem utilizados e a previsão de substâncias a serem emitidas, bem como todas as medidas e equipamentos a serem instalados para garantir o controle da poluição atmosférica. Execução e implementação do Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil – PGRCC elaborado, com emissão de ART de execução, onde visitas técnicas foram realizadas para acompanhamento e emissão de relatórios mensais. Também foi providenciado a obtenção de talonário de MTRCC, junto a SMAM, que foi utilizado para o transporte de resíduos durante a implantação do empreendimento.

A equipe da Ecossis fez o acompanhamento junto ao órgão ambiental até a emissão da licença de operação.

Visando estar sempre em dia com a Legislação foi realizada, também, a atualização e a revisão do Plano de Gerenciamento de Resíduos da Saúde, o PGRSS da Gauchafarma, através do diagnóstico dos resíduos sólidos gerados, contendo a origem, o volume e a caracterização dos resíduos, incluindo os passivos ambientais a eles relacionados, orientações referente a adequações as normas estabelecidas pelos órgãos do Sistema Nacional do Meio Ambiente – SISNAMA e do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária – SNVS. Foi realizada a descrição de ações preventivas e corretivas a serem executadas em situações de gerenciamento incorreto ou acidentes e a apresentação de medidas saneadoras dos passivos ambientais relacionados aos resíduos sólidos da saúde.

Faça como a Gauchafarma fez, contrate os serviços de Assessoria Ambiental com responsabilidade técnica, da Ecossis Soluções Ambientais e garanta a tranquilidade e segurança que sua empresa deseja perante as normas e regulamentos ambientais.

Saiba Mais
gauchafarma

Licenciamento Ambiental para Gauchafarma

gauchafarma

Ano de inicio: 2018

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Porto Alegre  Estado: RS

Ecossisempresa de consultoria ambiental, executou Processo de Licenciamento Ambiental para Gauchafarma em Porto Alegre/RS. 

Ecossis Soluções Ambientais, empresa de consultoria ambiental, realizou o Processo de Licenciamento Ambiental – LP, junto a SMAM –  Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade, de Porto Alegre, para as obras de ampliação do depósito de produtos químicos da empresa Gauchafarma – empresa distribuidora atacadista de produtos relacionados à saúde, higiene, beleza e bem-estar,  que fica localizada em Porto Alegre onde atua desde 1966.  

Além do processo de Licenciamento, foi necessário elaborar o PGRCC – Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil, contemplando: 

  • Avaliação dos procedimentos geradores de resíduos nas diferentes fases da obra; 
  • Classificação e enquadramento de acordo com as normas técnicas vigentes e legislação; 
  • Gerenciamento dos resíduos; 
  • Recomendações técnicas para redução, reaproveitamento e reciclagem dos resíduos. 

As práticas desenvolvidas serviram como suporte para a obtenção do diagnóstico da situação de coleta, administração e disposição final dos resíduos sólidos gerados no CREA-RS, bem como as análises e medidas adotadas para serem executadas, a fim de atender a legislação vigente.

Após a elaboração do PGRCC, foram emitidas as ART – Anotação de responsabilidade Técnica e a equipe da Ecossis, também realizou o protocolo e acompanhamento de todo o processo até a emissão da Licença Ambiental junto a SMAM. 

Saiba Mais
gauchafarma

Gerenciamento de Resíduos de Saúde para Gauchafarma 

gauchafarma

Ano de inicio: 2018

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Porto Alegre  Estado: RS

 Ecossis Soluções Ambientais foi contratada para realizar a atualização e revisão do Plano de Gerenciamento de Resíduos da Saúde para a empresa Gauchafarma. 

O Plano de Gerenciamento de Resíduos da Saúde é um documento que tem por finalidade a administração integrada dos resíduos por meio de um conjunto de ações de âmbito normativo, operacional, financeiro e planejado. 

Seus principais objetivos são: 

  1. Minimizar a geração de resíduos; 
  2. Proporcionar aos resíduos gerados um encaminhamento seguro e correto; 
  3. Proteger os trabalhadores, a saúde pública, os recursos naturais e o meio ambiente. 

O PGRSS – Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Saúde, que foi revisado pela Ecossis para a Gauchafarma, é baseado na resolução da Anvisa – RDC 306/2004 e do Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA 358/2005 que “Dispõe sobre o tratamento e a disposição final dos resíduos dos serviços de saúde e dá outras providências”.

Os principais pontos contemplados no Plano foram: 

  • Descrição do empreendimento e/ou atividade; 
  • Levantamento e coleta de dados;
  • Diagnóstico dos resíduos sólidos gerados, contendo a origem, o volume e a caracterização dos resíduos, incluindo os passivos ambientais a eles relacionados;
  • Procedimentos e técnicas que garantam que os resíduos sejam adequadamente coletados, manuseados, armazenados, transportados;
  • Levantamento Fotográfico;
  • Orientações referente a adequações as normas estabelecidas pelos órgãos competentes, do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária – SNVS e, se houver, o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos;
  • Equipe técnica responsável;
  • Descrição de ações preventivas e corretivas a serem executadas em situações de gerenciamento incorreto ou acidentes;
  • Periodicidade de revisão dos Planos;
  • Emissão de Anotação de Responsabilidade Técnica – ART.

Além disso, foram apresentadas medidas saneadoras dos passivos ambientais relacionados aos resíduos sólidos da saúde.

Saiba Mais
Open chat