Project Categories: Prefeitura Municipal de bagé

Programa de Controle de Processos Erosivos para Prefeitura de Bagé

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-BAGE

Ano de inicio: 2010

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Órgão Público

Localização: Bagé  Estado: RS

A Ecossis Soluções Ambientais elaborou o Programa de Gestão Ambiental com o monitoramento de processos erosivos, aplicado na “Barragem da Arvorezinha”, município de Bagé/RS.

A implantação de obras de infraestrutura vem requerendo, cada vez mais, cuidados para evitar e/ou minimizar os impactos socioeconômicos, físicos e bióticos que provocam no espaço onde se inserem. Os procedimentos de controle da qualidade ambiental de obras e Projetos são instrumentos que servem para orientar o Agente Executor a elaborar, analisar, revisar e executar Projetos e obras respeitando e considerando as questões ambientais. 

Neste contexto, a Ecossis Soluções Ambientais elaborou um extenso programa de gestão ambiental que foi aplicado no empreendimento “Barragem da Arvorezinha”, implantado no arroio Piraizinho, município de Bagé/RS.

Neste projeto foram promovidas ações, estudos e programas que, foram pensados para abranger medidas de natureza preventiva, mitigadora, corretiva ou compensatória dos meios físico, biótico e socioeconômico. 

Dentre essas ações foi desenvolvido o Programa de Controle e Monitoramento de Processos Erosivos, assoreamento e estabilidade do reservatório. O programa abrangeu ações e realizou monitoramento dos processos erosivos/assoreamento, bem como todas as ações relacionadas à estabilidade de encostas ligadas à implantação e operação da Barragem da Arvorezinha.

Os processos erosivos, caracterizados pelo escoamento em meios naturais não estáveis, estão relacionados ao carreamento de matéria junto às margens e fundo dos canais de drenagem e sua deposição esporádica/permanente em determinados pontos.  

O barramento do arroio traz influências diretas nestes processos, causando alteração do nível d’água na área do reservatório e, com isso, aumentando a área de contato da água nas margens, logo, aumentando a área suscetível aos processos erosivos. 

O objetivo do Programa foi monitorar e, quando necessário, conter fenômenos de instabilização de encostas e erosões, a fim de proporcionar condições de operação à barragem e de controle do aumento dos processos de assoreamento do reservatório. O programa também objetivou a caracterização dos agentes e causas dos processos de instabilização e erosão já existentes e os potenciais, relacionados ao empreendimento, para a adoção de procedimentos de contenção de encostas que ofereciam riscos.

A implementação dessas medidas de monitoramento e prevenção de escorregamentos e erosões também possibilitou evitar o aumento do processo de assoreamento do reservatório e obter subsídios para a avaliação da integridade das estruturas das edificações e das obras da barragem.

O Programa teve por objetivo complementar a reabilitação da faixa de proteção do reservatório, pela utilização do solo, de modo a propiciar, adicionalmente, a valorização cênica do entorno do reservatório.

Os benefícios gerados pela correta execução da Gestão Ambiental e todos seus programas e ações, se refletiram na salvaguarda da qualidade ambiental local, em melhores condições de trabalho dos que estiveram envolvidos diretamente com as obras e na preservação da qualidade de vida das comunidades lindeiras ao empreendimento.

Saiba mais sobre o Município de Bagé.

Conheça outros Cases da Ecossis.

Saiba Mais

Programa de Resgate da Flora para a Prefeitura de Bagé

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-BAGE

Ano de inicio: 2012

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Órgão Público

Localização: Bagé  Estado: RS

Serviços Executados

Resgate de Flora

A Ecossis elaborou e executou o resgate da flora nativa da área de instalação da Barragem da Arvorezinha no arroio Piraizinho, município de Bagé, Rio Grande do Sul.

Atualmente, nos processos de Licenciamento Ambiental a preocupação com a conservação da flora nativa tem ocasionado a implementação de Projetos e Programas de conservação, fundamentais à preservação das principais formações vegetais em seus habitats naturais.

A Prefeitura Municipal de Bagé, contratou a empresa de Consultoria Ambiental Ecossis Soluções Ambientais, para elaborar e executar o resgate da flora nativa da área de instalação da Barragem da Arvorezinha no arroio Piraizinho, que é de grande importância para a preservação da qualidade ambiental das matas e da biodiversidade local.

A região de implantação da Barragem da Arvorezinha está inserida em um mosaico de paisagens caracterizadas por formações vegetais pertencentes ao Bioma Pampa.

A supressão dessas áreas pode ocasionar a fragmentação e o isolamento de remanescentes nativos, além da fragmentação, a conversão e a substituição de ambientes naturais por áreas destinadas à agricultura, à pecuária e à monoculturas, são consideradas as principais ações antrópicas que refletem em modificações nas formações vegetais naturais.

Assim, a execução deste Programa, justificou-se na necessidade de conservação e perpetuação dos recursos naturais e locais, além do patrimônio genético das espécies a serem suprimidas na área de implantação da Barragem da Arvorezinha.

Para que o projeto alcançasse seu objetivo plenamente, a equipe técnica da Ecossis atuou realizando atividades como:

O salvamento/coleta de propágulos de espécies arbustivas e arbóreas;

O resgate dos exemplares de espécies imunes ao corte e ameaçadas de extinção;

O resgate de exemplares da flora epífita, com destaque para bromeliáceas, cactáceas e orquidáceas, das áreas de supressão da cobertura vegetal e a relocação para a APP do reservatório;

A coleta de sementes e frutos de espécies de interesse;

Disponibilização  do material resgatado para uma potencial produção de mudas de espécies nativas.

Todas as ações executadas na implantação do Programa de Conservação e Resgate da Flora, no município de Bagé, tinham como principal objetivo minimizar os impactos da atividade de supressão da vegetação e implantar as medidas mitigadoras propostas (flora nativa), por intermédio do resgate e salvamento, bem como o transplante de espécies da flora na AID do empreendimento.

Saiba mais sobre o municipio de Bagé.

Conheça outros projetos executados pela Ecossis.

Saiba Mais

Programa de Resgate Socioambiental da Paisagem para o PBA de Bagé

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-BAGE

Ano de inicio: 2010

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Órgãos Públicos

Localização: Bagé  Estado: RS

Ecossis realizou Programa de Resgate Socioambiental da Paisagem na área de influência da Barragem da Arvorezinha, em Bagé/RS.

A implantação de qualquer empreendimento traz alterações de maior ou de menor relevância ao ambiente socioambiental onde se insere, sendo os aspectos paisagísticos aqueles de primeira visibilidade. Barragens não fogem à regra, por este motivo, a Prefeitura de Bagé contratou a Ecossis Soluções Ambientais, empresa especialista em consultoria ambiental, para realizar o Programa de Resgate Socioambiental da Paisagem na área de influência da Barragem da Arvorezinha, localizada no arroio Piraizinho, município de Bagé/RS. 

O resgate da paisagem pressupõe preservar cenários relevantes e bens de valor histórico e cultural, definindo a melhor forma de resguardá-los para as futuras gerações. 

O patrimônio paisagístico de uma determinada região não se refere apenas aos aspectos naturais, mas também à paisagem criada pelo homem na construção de suas moradias, no plantio para a subsistência familiar, nas capelas, etc., revelando suas origens, seus anseios, seu destino. O programa teve como público alvo a população que foi afetada direta ou indiretamente pelo empreendimento. 

O resgate socioambiental da paisagem na área de influência da Barragem da Arvorezinha teve como objetivo:  

  • Identificar, registrar e preservar os sítios paisagísticos e de valor cênico na área de implantação do empreendimento;  
  • Conhecer e preservar a memória da região para que se mantenha a identidade cultural da população local;  
  • Registrar a configuração da paisagem anterior e após a implantação da barragem, especialmente em relação à área alagada. 

O escopo de trabalho foi elaborado em 2 etapas: 

Diagnóstico da memória histórica e da paisagem – Nesta etapa foram realizadas reuniões com os órgãos gestores e a comunidade para apresentar e colher subsídios sobre o Programa de Resgate Sócioambiental da Paisagem, pesquisa de campo realizando registros fotográficos/vídeos e entrevistas afim de definir elementos significativos da paisagem e dos monumentos naturais de grande relevância, bem como dos elementos significativos criados pelo homem. 

Resgate da memória paisagística e histórica – As atividades realizadas nesta etapa representaram o produto final do Programa, ou seja, o resgate da memória e da paisagem local, onde foram elaborados  registros, por meio de levantamento fotográfico e em vídeo, dos elementos significativos da paisagem na área de influência da Barragem da Arvorezinha. Organização de catálogo das imagens captadas em campo para compor o acervo fotográfico do Programa. Produção de documento de registro sobre a história, a cultura e sobre os aspectos cênicos das áreas de influência do empreendimento. Organização de exposições temáticas, criação de novos espaços de apreciação e uso da paisagem transformada pela implantação da barragem, especialmente em relação à formação do reservatório. 

Como forma de concluir o projeto, foi elaborado o relatório final apresentando os indicadores relevantes do programa, tais como: número de entrevistas realizadas; número de contatos institucionais efetuados; relação de materiais produzidos; número de visitantes nas exposições temáticas permanentes e itinerantes; número de chamadas na imprensa.

Saiba Mais

Programa de Sinalização Ambiental para Prefeitura de Bagé

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-BAGE

Ano de inicio: 2013

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Órgãos Públicos

Localização: Bagé  Estado: RS

Serviços Executados

Projeto de Sinalização Ambiental

A Ecossis, empresa de Consultoria Ambiental, foi contratada pela Prefeitura de Bagé-RS, para realizar a implantação do Programa de Sinalização Ambiental,na área de influência da Barragem de Arvorezinha, localizada em Arroio Piraizinho.

A intensa manipulação e transporte de substâncias químicas ao longo das rodovias e ferrovias, constituem uma atividade de risco e podem gerar acidentes ambientais. Por risco entende-se a probabilidade ou frequência esperada de ocorrência dos danos decorrentes da exposição às condições adversas ou a um evento indesejado e, por acidente ambiental, entende-se o evento ou sequência de eventos de ocorrência anormal, que resulta em consequências indesejadas ou algum tipo de perda, dano ou prejuízo pessoal, ambiental ou patrimonial. 

Neste contexto, considerando a proximidade da Barragem da Arvorezinha, que foi implantada pela Prefeitura de Bagé em Arroio Piraizinho, à BR-293 e as estradas de acesso ao empreendimento, especialmente a estrada da Arvorezinha, fez-se necessária a implantação do Programa de Sinalização Ambiental e Redução de Acidentes. 

O Programa de Sinalização Ambiental e Redução de Acidentes teve como objetivo principal promover atendimento aos eventos acidentais na área do entorno do empreendimento, assegurando uma resposta imediata em incidentes/acidentes com produtos perigosos, além de promover ações, tanto de prevenção quanto de atendimento emergencial, neste caso na hipótese de poluição acidental desses produtos, gerenciando situações de crise e reduzindo situações de risco. 

O escopo metodológico de trabalho desenvolvido para este projeto, abordou as seguintes etapas: 

  • Identificação dos trechos críticos: Para tal identificação, foram realizados levantamento das características funcionais e de projeto das rodovias; o levantamento das condições operacionais das vias; e o levantamento das condições ambientais da área alvo. 
  • Levantamento do tráfego de produtos perigosos: Realizou-se a classificação do tipo de tráfego, onde foram identificados os principais trechos de consumo ou fabricação de insumos perigosos. 
  • Identificação dos sistemas de controle e atendimento existentes: Identificação das unidades componentes contendo todos os dados de relevância.  
  • Avaliação do sistema de controle existente: Consideramos os condicionantes ambientais, as soluções propostas no projeto de engenharia e o quadro vigente dos operadores governamentais e privados, no tratamento das questões relativas ao transporte de produtos perigosos. 

Após a execução plena do Programa de Sinalização Ambiental, foi apresentado relatório contendo, em detalhes, todas as etapas do escopo de trabalho e foram propostas tanto Medidas Estruturais de Segurança, de Caráter Preventivo, quanto Medidas de Segurança, de Caráter Corretivo.

Saiba Mais
Open chat