Project Categories: Plano de Gerenciamento de Riscos

Multilog

PGR para empresa de logística Multilog

Multilog

Ano de inicio: 2013

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Indústria e Serviços

Localização: Foz do Iguaçu  Estado: PR

A Ecossis, empresa de Assessoria e Consultoria Ambiental, desenvolveu o Programa de Gerenciamento de Riscos – PGR para a empresa MULTILOG, em sua unidade de Foz do Iguaçu – Paraná. 

Multilog é uma empresa que atua no ramo de logística e armazenagem (armazenagem alfandegada, armazenagem de cargas especiais – química, saúde, automotiva – centro de distribuição, cargas projeto, serviços conexos, gestão de estoques, transporte rodoviário), com unidades no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo.

O PGR elaborado para a Multilog de Foz do Iguaçu, foi concebido com a finalidade de prevenir acidentes através de um conjunto de medidas para as atividades de serviços de armazenagem alfandegada em regime de importação, entreposto aduaneiro na importação e exportação, admissão temporária, exportação temporária, DAC, MIC/DTA, também com cargas químicas e perigosas em processos sobre rodas.  

O PGR – Programa de Gerenciamento de riscos, defini as ações para a gestão e controle das atividades desenvolvidas pela empresa, medidas e procedimentos que visam prevenir, reduzir e controlar os riscos inerentes à atividade desenvolvida. O PGR contempla ações que mantenha a empresa operando dentro dos padrões de segurança considerados aceitáveis. 

Todo o programa foi construído tendo como base o termo de referência padrão elaborado pelo CREA. 

O PGR elaborado apresentou os seguintes tópicos: 

  • Identificação do empreendimento: Contendo características da Unidade Multilog de Foz do Iguaçu.
  • Caracterização do empreendimento: Descrição de empreendimentodescrição de processo do empreendimentolocalização do empreendimento e modelo de gestão de riscos. 
  • Identificação e prevenção dos riscoslevantamento dos riscos, suas fontes geradoras assim como medidas de controle dos riscos que são adotadas no empreendimento. 
  • Normas e procedimentos operacionaisdocumentos formais, contendo informações como sigla ou número de identificação do documento, número da revisão, data de criação e responsável pela elaboração. 
  • Treinamentos: realização de treinamentos, simulados e atividades de conscientização e elaboração de cronograma de planejamento de treinamentos. 
  • Investigação de acidentes/incidenteslevantamento de informações dos eventos visando analisar as causas do ocorrido. 
  • Informações sobre produtos químicosinformações sobre os produtos químicos presentes no empreendimento, assim como medidas preventivas ao trabalhar com os mesmos. 
  • Gerenciamento de modificaçõesestabelecer e implementar procedimentos formais para a administração das operações 
  • Gerenciamento de emergênciastrata sobre a disponibilização de recursos humanos para atendimentos emergenciais no estabelecimento. 

Através do PGR, elaborado pela Ecossis, foi montado o PLANO DE CONTINGENCIAMENTO DE EMERGÊNCIAS (PCE) E O PLANO DE ATENDIMENTO EMERGENCIAL INTERNO, além das ações corretivas que promoveram a prevenção de acidentes e melhorias internas.

Saiba Mais

Plano de Emergência para CODERN

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-codern

Ano de inicio: 2019

Status: Concluído

Tipo de empreendimento: Porto/Docas

Localização: Natal

Estado: RN

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN, contratou a Ecossis para a elaboração do Plano de Emergência Individual – PEI do Terminal Portuário localizado na cidade de Natal/RN.

A elaboração deste plano de emergência busca atender às condicionantes propostas pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA, cujo objetivo é padronizar os procedimentos relativos às emergências ambientais em empreendimentos licenciados pelo órgão e, por conseguinte, obter a Licença de Operação do Porto de Natal.

O PEI foi elaborado em conformidade com o estabelecido pela Resolução CONAMA nº 398/2008, contemplando as seguintes informações:

  • Dados de identificação da instalação;
  • Relatório de cenários acidentais – identificação dos riscos por fonte, hipóteses acidentais, análise de vulnerabilidade;
  • Informações e procedimentos para resposta – sistemas de alerta de derramamento de óleo, comunicação de incidente, estrutura organizacional de resposta, equipamentos e materiais de resposta;
  • Ações de encerramento das operações;
  • Mapas, cartas náuticas, plantas, desenhos e fotografias.
Saiba Mais

Elaboração de PAE para Shopping Pátio Higienópolis

ECOSSIS-base-CASES-VERSAO-BASE-PROP-2200X900-patio-higienopolis

Ano de inicio: 2020

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: São Paulo  Estado: SP

Ecossis Soluções Ambientais foi contratada para elaborar o Plano de Atendimento de Emergências Ambientais (PAE) para Condomínio Comercial Shopping Pátio Higienópolis localizado em São Paulo – SP. 

O objetivo deste PAE é estabelecer procedimentos claros e abrangentes sobre as ações que a Brigada de Emergência do Shopping Pátio Higienópolis terá que executar no caso da ocorrência de incidentes (incêndio, explosão, vazamento de líquidos ou gases, acidentes, etc. 

O PAE é constituído como um plano integrado de procedimentos de segurança e emergência considerando os cenários abordados na Análise de Risco Ambiental e inclui os procedimentos de emergência em caso de incidentes e acidentes, além de respostas a essas emergências. 

Este plano visa: 

  • Minimizar os efeitos de emergências sobre os funcionários, as atividades vizinhas, a comunidade e o meio ambiente; 
  • Conter perdas de produtos e danos à propriedade; 
  • Estimular exercícios regulares de treinamento (ensaios) e atualizações planejadas para garantir a segurança e a sintonia permanente deste plano. 

Além da elaboração do PAE, também foi traçado um plano de Implantação e Integração do PAE. 

Para a implantação, foram elaborados treinamentos teóricos e práticos, visando à integração e capacitação dos integrantes das equipes de emergência para atuação em situações de emergência. 

O PAE, assim como, suas revisões e atualizações devem ser divulgadas a todos os integrantes das equipes de emergência, visando sempre à interação de todos quanto às responsabilidades de cada integrante e procedimentos necessários para sua plena operacionalização.  

Saiba Mais

Monitoramento de Passivos Ambientais para CCR Via Sul

CASES-ccr-via-sul-VERSAO-QUADRADA-800X800-PEDIDO-TAMIRISECOSSIS-2020-by-bkstgdigital

Ano de inicio: 2021

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Rodovia

Localização: BR-101,BR-290, BR-386 e BR-448  Estado: RS

REVITALIZAÇÃO E MONITORAMENTO

O Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura e mobilidade da América Latina, contratou a Ecossis para realizar o monitoramento de passivos ambientais no Sistema ViaSul, que inclui trechos da BR-386, BR-290, BR-101 e BR-448, todos localizados no Estado do Rio Grande do Sul, totalizando 470km de rodovia.

De acordo com o Manual para Atividades Ambientais Rodoviárias, o passivo ambiental é toda ocorrência decorrente de falha na construção, restauração ou manutenção da rodovia, capaz de atuar como fator de dano ou de degradação ambiental à área de influência direta, ao corpo estradal ou ao usuário. Durante o monitoramento, a equipe da Ecossis também irá identificar medidas corretivas implantadas para a recuperação destes trechos.

A Ecossis também desenvolve  para a companhia a atualização do Programa de Gerenciamento de Riscos – PGR, o Plano de Ação de Emergência – PAE e o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS para a Concessionária CCR – ViaSul.

Saiba mais: O Grupo CCR atua nos segmentos de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços, o Grupo CCR trabalha com quatro núcleos de negócios, responsáveis pela gestão tanto dos atuais quanto dos novos negócios.

Saiba Mais

Monitoramento de Passivos Ambientais para CCR Via Costeira

CASES-ccr-via-sul-VERSAO-QUADRADA-800X800-PEDIDO-TAMIRISECOSSIS-2020-by-bkstgdigital

Ano de inicio: 2021

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Infraestrutura e Saneamento

Localização: Paulo Lopes e Torres  Estado: SC e RS

MONITORAMENTO NA VIA COSTEIRA

A Ecossis foi contratada pelo Grupo CCR para realizar o monitoramento de passivos ambientais no Sistema Concessionado CCR Via Costeira, trecho da BR 101 de Paulo Lopes (SC) a Torres (RS), do Km225 ao km445, totalizando 220 kms.

Neste projeto a Ecossis também está realizando o serviço de revisão e atualização do Programa de Gerenciamento de Risco (PGR) e do Plano de Atendimento a Emergência (PAE), assim como a atualização e revisão do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Vale lembrar que as ocorrências ambientais são pendências geradas na implantação ou operação de um empreendimento, ou seja, qualquer degradação da qualidade ambiental não recuperada ou mitigada fazendo com que, sobre aquela degradação, continue incidindo novos impactos indesejáveis com consequentes acréscimos de custos para a sua regularização

Sobre o Grupo CCR: É uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura e mobilidade da América Latina. Com atuação nos segmentos de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços, o Grupo CCR trabalha com quatro núcleos de negócios, responsáveis pela gestão tanto dos atuais quanto dos novos negócios.

.

Saiba Mais

Plano de segurança para CODEBA

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0026_LOGO-27-CODEBA-e1519843958117

Ano de inicio: 2018

Status: ATIVO

Tipo de empreendimento: Porto

Localização: Ilhéus  Estado: BA

Ecossis realiza elaboração de Estudos de Risco, Programas de Gerenciamento de Riscos e Planos de Emergência nos Portos da Codeba na Bahia.

A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) é uma autoridade portuária que tem como finalidade administrar e explorar os portos de Salvador, Ilhéus e Aratu-Candeias. Compete a Codeba, entre outras atribuições, promover a realização de estudos, planos e projetos e realização de obras e serviços, de construção, ampliação, melhoramento, manutenção, operação dos portos e instalações portuárias sob sua jurisdição e responsabilidade. Como também apoiar à ANTAQ na fiscalização dos contratos de arrendamentos e das cessões de áreas e instalações portuárias.

Atendendo suas atribuições, em 2018, a Codeba realizou a contratação da Ecossis Soluções Ambientais para que realizasse a elaboração de Estudos de Risco, Programas de Gerenciamento de Riscos e dos Planos de Emergência dos Portos da Codeba (Ilhéus, Salvador e Aratu-Candeias), visando adequações às exigências do Ibama, para obtenção da Licença Ambiental de Operação dos três Portos da Companhia. O objetivo foi identificar, analisar, avaliar e propor medidas de controle e tratamento para os riscos envolvidos nas operações e atividades portuárias nos Portos da Codeba.

A composição da equipe técnica foi formada por profissionais com experiência comprovada na elaboração dos estudos específicos exigidos no edital e foi formada por engenheiros ambientais e oceanógrafo.

Nos primeiros 10 dias após assinatura do contrato, a Ecossis apresentou um Plano de Trabalho com atividades agrupadas para cada Porto. Este Plano apresentou uma ordenação de tarefas, levantamento de dados junto à Codeba, além de reuniões e interação com a equipe de profissionais dos portos, com forma a obter informações e permitir a correta elaboração dos estudos. O cronograma desenvolvido pela Ecossis ainda identificou todas as atividades necessárias para a elaboração das respectivos ações, cumprindo o prazo de execução.

Saiba Mais
Exibir perfil do(a) Ecossis Soluções Ambientais no Ariba Discovery