Project Categories: Indústria

Monitoramento das águas subterrâneas para a QGI

ECOSSIS-C41-BASE-COMFUNDO_0000s_0015_LOGO-16-QGI-BRASIL-e1520947914511

Ano de inicio: 2017

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: 

Estaleiro/Marina

Localização: Rio Grande  Estado: RS

Serviços Executados

Programas de Monitoramento Ambiental

Monitoramento das águas subterrâneas para a empresa QGI

A Ecossis realizou o Monitoramento das águas subterrâneas para a QGI, empresa de construção e montagem de plataformas de petróleo, sediada na cidade do Rio Grande-RS, a instalação de 06 poços de monitoramento e a execução de 03 campanhas de coleta de água subterrânea nos 11 poços da empresa, afim de aferir a qualidade das águas subterrâneas, conforme Resolução CONAMA n° 420/2009 e atendimento da condicionante 9.1 da Licença de Operação 3266/2015.

Os serviços realizados compreenderam:

Instalação de 06 poços de monitoramento de águas subterrâneas conforme ABNT NBR 15495-1:2007, incluindo proteção sanitária na parte superior com placa/adesivo de identificação;

Relatório de evidência da rede de monitoramento da qualidade das águas contemplando todos os poços de monitoramento da empresa;

Execução de três campanhas amostrais nos 11 poços de monitoramento (05 existentes e 06 novos instalados) e encaminhamento para análise em laboratório credenciado pelo órgão ambiental;

Campanha de amostragem nos 11 poços com frequência trimestral, totalizando três campanhas.

Para cada campanha será coletada uma amostra de água subterrânea em cada poço de monitoramento (11 poços), totalizado 33 amostras para análise dos seguintes parâmetros: Antimônio Total; Arsênio Total; Bário Total; Benzeno; Cádmio Total; Chumbo Total; Cobalto Total; Cobre Total; Cromo Hexavalente; DQO; Etilbenzeno; Ferro Total; Fósforo; Manganês Total; Mercúrio; Molibdênio Total; Níquel Total; Óleos e Graxas Totais; Ortofosfato; pH; Prata Total; Selênio Total; Sulfato; Surfactantes; Temperatura da Amostra; Vanádio Total; Zinco Total; Coliformes Termotolerantes; Nitrogênio Total; Sólidos Suspensos Totais; Tolueno; TPH; Xileno.

Elaboração de três relatórios técnicos de qualidade da água ao término de cada campanha amostral com fornecimento de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

Saiba Mais
Leão alimentos e bebidas

Proj. Recuperação de Áreas Degradadas para Fábrica de Alimentos

Ano de inicio: 2016

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: indústria

Localização: Fazenda Rio Grande

Estado: PR

Ecossis executou e monitorou o Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD nas instalações da fábrica da Leão, alimentos e bebidas, no município de Fazenda Rio Grande no Paraná.

O PRAD com vistas à averbação de Reserva Legal ocorreu nas imediações da fábrica da Leão, porção sul, que corresponde a uma área na qual foi realizado um bota-fora no período de construção da fábrica.

A fisionomia florestal que compõe a região é caracterizada pelo domínio da Floresta Ombrófila Mista, que ocorre com maior incidência nos planaltos dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e em algumas regiões dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Esta formação é caracterizada pela presença da espécie Araucaria angustifolia, popularmente conhecida como Pinheiro do Paraná.

A propriedade possui área de 11,10 ha e em função do histórico de intervenção antrópica apresenta escassez da vegetação nativa original, caracterizando a comunidade biológica ali presente como degradada. O entorno da propriedade é composto por demais propriedades de atividade industrial e chácaras, além de distanciar pouco mais de 3 km do centro da cidade de Fazenda Rio Grande.

A vegetação remanescente da propriedade possui arbustos, vegetação rasteira e vegetação de origem exótica, como Pinus sp. (Pinheiro) e gramíneas (Poaceae). Na porção sul há um local permanentemente alagado, com espécies características destas condições edáficas, como Typha sp. (Taboa).

As etapas do PRAD compreenderam:

  • Limpeza do terreno;
  • Correção de processos erosivos no aterro existente através de: Implantação de Geomanta como Medida Mitigadora Emergencial, Retaludamento para a Diminuição da Declividade, Demonstrativos de Cálculo para o Retaludamento, Compactação da Área, Aplicação de uma Camada de Terra com Textura Adequada, Uso de Chibanca nos Taludes, Plantio de Adubo Verde;
  • Correção de processos erosivos no talude de corte entre a área industrial e demais áreas;
  •  Abertura e adubação das covas ( Enchimento das Covas, Abertura Manual das Covas, Adubação de Base);
  • Plantio em Área Total com Espécies Pioneiras, aproximadamente 2600 mudas;
  • Delimitação das Áreas de Plantio de Mudas Nativas; Alinhamento e Marcação das Covas;
  • Coroamento para Plantio de Mudas Nativas; Abertura Manual das Covas;
  • Adubação de Base;
  • Plantio de Mudas Nativas; Replantio Florestal;
  • Irrigação, sistema de irrigação por gotejamento;
  • Manutenção das Áreas de Reflorestamento;
  • Coroamento das Mudas;
  • Adubação de Cobertura;
  • Controle de Mato Competição nas Entrelinhas das Mudas Nativas;
  • Condução da Regeneração Natural de Espécies Nativas;
  • Condução da Regeneração Natural + Plantio de Enriquecimento.

O principal instrumento utilizado na medição dos trabalhos foi o Diário de Obra, apresentado rigorosamente na manhã do dia seguinte ao das atividades reportadas, para análise, aprovação e comentários da Fiscalização.

O Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas foi executado pelo período de 24 meses.

Para saber mais sobre este gigante do mundo das bebidas, pertencente ao Grupo da Coca-Cola acesse http://www.leaoalimentosebebidas.com.br/

Saiba Mais

Assessoria Ambiental com Responsabilidade Técnica para a PESA

ecossis-sem-pesa-cat-2200-900-200x200

Ano de inicio: 2012

Status: Ativo

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Curitiba  Estado: PR

A Ecossis atende a Paraná Equipamentos S.A – Pesa, há mais de seis anos, sendo responsável pela gestão ambiental da matriz e todas suas filiais distribuídas pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, realizando o serviço de Assessoria Ambiental com responsabilidade técnica. 

A PESA é uma das principais empresas de importação e comércio de máquinas novas e usadas Caterpillar (para mineração, construção, pavimentação, grupos geradores e equipamentos florestais, etc.), além de peças, serviços de recuperação total e parcial de componentes e equipamentos, entre outros. 

A Ecossis executa todas as atividades relacionadas ao Licenciamento Ambiental das unidades Pesa,  organizando e montando todo o processo, elaborando pareceres e laudos técnicos e monitorando as condicionantes das licenças. Elaborou o PGRS – Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos para todas as filiais, onde a revisão do documento e a verificação dos procedimentos serem colocados em prática é revisado e vistoriado anualmente. 

A Ecossis representa a Paraná Equipamentos no que tange à gestão ambiental da empresa, elaborando, pareceres, notas, comunicados e participando de reuniões e eventos, bem como, presta esclarecimentos e orientações aos diretores da empresa através de relatórios e reuniões mensais. 

Faça como a PESA, contrate os serviços de Assessoria Ambiental com responsabilidade técnica, da Ecossis Soluções Ambientais e garanta a tranquilidade e segurança que sua empresa deseja perante as normas e regulamentos ambientais. 

 

Saiba Mais
gauchafarma

Relatório de Sustentabilidade – Gauchafarma

gauchafarma

Ano de inicio: 2018

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Porto Alegre  Estado: RS

Serviços Executados

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade para a Empresa Gauchafarma

A Ecossis desenvolveu para a Gauchafarma, empresa do ramo atacadista, voltada a distribuição de produtos de saúde, higiene, beleza e bem-estar para todo o Sul do Brasil, o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, demonstrando o comprometimento da empresa com as questões relacionadas a sustentabilidade e o desejo de evoluir.

O objetivo foi relatar o desempenho da Gauchafarma no ano de 2017 nas esferas ambiental, social e econômica a todos os principais interessados em suas atividades, como acionistas, clientes, parceiros e colaboradores.

O Relatório de Sustentabilidade desenvolvido pela Consultoria da empresa Ecossis, seguindo os padrões da Global Reporting Iniative – GRI, organização internacional pioneira em relatórios de sustentabilidade.

Baseada na tabela de indicadores do GRI, foi possível levantar dados de desempenho econômico, dados ambientais como consumo de energia, água, descarte de efluentes e resíduos, dados da categoria social, como práticas trabalhistas (emprego, saúde e segurança do trabalho, ações CIPA, treinamentos e educação, diversidade e igualdade de oportunidades, pequenos aprendiz e CPD), direitos humanos, sociedade e responsabilidade pelo produto.

Questões específicas que se aplicam a vários indicadores também foram analisadas e estão no relatório, como, a relação da empresa com os seus fornecedores, as formas de contato das partes interessadas com a empresa, realização de campanhas de consumo consciente, marketing institucional, participação em feiras e eventos, prêmios e certificações recebidos no ano de 2017 e ações sociais realizadas também neste ano.

Relatório de Sustentabilidade 2017

Saiba Mais
gauchafarma

Assessoria Ambiental para a Empresa Gauchafarma

A Ecossis atendeu a Gauchafarma, empresa que está há mais de 30 anos distribuindo produtos relacionados à saúde, beleza e bem-estar, assessorando em todo o processo de Licenciamento Ambiental da sua base que esta localizada em Porto Alegre – RS.

No ano de 2017, a Gauchafarma passou por ampliações em seu depósito, devido a isso foi necessário renovar e modificar toda sua licença ambiental, onde foi dada a entrada na Licença Prévia junto a SMAM de Porto Alegre, para obras de ampliação da empresa Gauchafarma para a atividade depósito de produtos químicos e a elaboração de um PGRCC – Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil.

A Elaboração do PGRCC contemplou a avaliação dos procedimentos geradores de resíduos nas diferentes fases da obra, a classificação e enquadramento de acordo com as normas técnicas vigentes e a legislação, definição do gerenciamento a ser dado para cada categoria de resíduo, recomendações técnicas para redução, reaproveitamento e reciclagem dos resíduos, com a emissão de ART – Anotação de Responsabilidade Técnica, do profissional da Ecossis responsável pela elaboração do Plano.

Com a emissão da Licença Prévia – LP, foi iniciada a Assessoria Técnica Ambiental para a obtenção da Licença de Instalação para o depósito de produtos químicos com 3.995 m².

Este processo iniciou com a elaboração de relatório técnico contendo as medidas a serem implementadas para o descarte de efluentes líquidos da atividade atendendo à resolução CONSEMA n° 355/2017 referente a controle de poluição hídrica. Elaboração de listagem de todos equipamentos geradores de emissões atmosféricas, com os respectivos combustíveis a serem utilizados e a previsão de substâncias a serem emitidas, bem como todas as medidas e equipamentos a serem instalados para garantir o controle da poluição atmosférica. Execução e implementação do Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil – PGRCC elaborado, com emissão de ART de execução, onde visitas técnicas foram realizadas para acompanhamento e emissão de relatórios mensais. Também foi providenciado a obtenção de talonário de MTRCC, junto a SMAM, que foi utilizado para o transporte de resíduos durante a implantação do empreendimento.

A equipe da Ecossis fez o acompanhamento junto ao órgão ambiental até a emissão da licença de operação.

Visando estar sempre em dia com a Legislação foi realizada, também, a atualização e a revisão do Plano de Gerenciamento de Resíduos da Saúde, o PGRSS da Gauchafarma, através do diagnóstico dos resíduos sólidos gerados, contendo a origem, o volume e a caracterização dos resíduos, incluindo os passivos ambientais a eles relacionados, orientações referente a adequações as normas estabelecidas pelos órgãos do Sistema Nacional do Meio Ambiente – SISNAMA e do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária – SNVS. Foi realizada a descrição de ações preventivas e corretivas a serem executadas em situações de gerenciamento incorreto ou acidentes e a apresentação de medidas saneadoras dos passivos ambientais relacionados aos resíduos sólidos da saúde.

Faça como a Gauchafarma fez, contrate os serviços de Assessoria Ambiental com responsabilidade técnica, da Ecossis Soluções Ambientais e garanta a tranquilidade e segurança que sua empresa deseja perante as normas e regulamentos ambientais.

Saiba Mais

Cadastro Ambiental Rural–CAR para Cabanha Itaguaçú

Ano de inicio: 2017

Status: Finalizado

Tipo de empreendimento: Indústria e Serviços

Localização: Santo Antônio da Patrulha  Estado: RS

Serviços Executados

Cadastro Ambiental Rural – CAR

A Cabanha Itaguaçu é uma propriedade de porte médio, com 70 hectares e que se dedica à criação de ovinos da raça Texel PO e SO, desde 1985. A cabanha está situada no 1º Distrito de Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul. 

A fim de estar regularizada ambientalmente, o proprietário da Cabanha, Sr. Mario Moreira, contratou a Ecossis para realizar o Cadastro Ambiental Rural – CAR, um registro público de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, que tem a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais referentes às Áreas de Preservação Permanente – APP, de uso restrito, de Reserva Legal, de remanescentes de florestas e demais formas de vegetação nativa, e das áreas consolidadas, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento. 

propriedade tem em média de 80 a 100 animais, onde machos e fêmeas recebem ração com 18% de proteínas e gramíneas no fenil, sal mineral e água de qualidade. Com estes cuidados se tem uma conversão alimentar de 380 gramas dia, em média, em 90 dias os animais atingem o peso entre 30 à 32 kg vivo. As cordeiras são encarneiradas com idade entre 6 e 8 meses com índice de prenhês em torno de 75%. Os machos (PO e SO) após avaliação técnica são selecionados para serem usados como reprodutores, a partir desta seleção recebem um fluxo alimentar diferenciado visando um melhor desempenho. 

Cabanha Itaguaçú recebe seguidamente visitantes de diversas localidades do Brasil e exterior, para intercâmbio de informações e tem sido utilizada para atividades didáticas como treinamento de técnicos e extensionistas da EMATER, através de reuniões técnicas e dias de campo. Também a FEVALLE promoveu reuniões onde foram apresentadas as características da raça, sua potencialidade como produtora de carne, técnicas de manejo do rebanho, controle sanitário e reprodutivo, assim como a perspectiva de mercado para ovinos de corte. Saiba mais da cabanha Itaguaçú em http://www.cabanhaitaguacu.com.br.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estar em dia com o CAR é de responsabilidade do proprietário e garante que imóvel possa ter acesso as linhas de crédito, requisitar outorgas, autorizações, averbações, etc. Uma propriedade sem o Cadastro Ambiental Rural fica desassistida pelo governo e pelas instituições financeiras. Entre em contato com a Ecossis Soluções Ambientais e regularize sua propriedade. 

Saiba Mais

Estudo de Impacto de Vizinhança para Unimed

CASES-VERSAO-QUADRADA-800X800-PEDIDO-TAMIRISECOSSIS-2020-by-bkstgdigital-unimed-poa

Ano de inicio: 2020

Status: Em andamento

Tipo de empreendimento: Comércio e Serviços

Localização: Guaíba  Estado: RS

Ecossis está Elaborando o Estudo de Impacto de Vizinhança – EIV para unidade da Unimed, localizada na cidade de Guaíba – RS.

O EIV é um instrumento que visa conciliar os interesses do empreendedor com os direitos da população a uma cidade sustentável. Para o conhecimento dos efeitos que o empreendimento poderá causar à vizinhança, é necessário o levantamento dos impactos negativos e positivos através de estudos realizados por equipe multidisciplinar na área afetada. Após definidos os impactos, é de suma importância a proposição de medidas mitigadoras e compensatórias para evitar futuros conflitos, bem como de possíveis riscos à população afetada. 

O estudo está sendo elaborado em conformidade com o artigo 23 da Lei Municipal 2.146 de 11/10/2006 e as diretrizes do EIV, solicitadas pela Prefeitura Municipal de Guaíba – RS, visando o Licenciamento Ambiental do empreendimento.  

As atividades desenvolvidas pela equipe técnica da Ecossis contemplam: 

  • Apresentação, contextualização, diagnóstico, impactos negativos e positivos, medidas mitigadoras e medidas compensatórias e conclusão final sobre a viabilidade do empreendimento. 
  • Descrição da área do empreendimento e abrangência da área de entorno afetado com marcação dos pontos físicos de interesse do entorno (400 metros); 
  • Pesquisa morfológica urbana do meio ambiente construído, definindo os usos e tipologias existentes e predominantes, uso e ocupação do solo; 
  • Análise dos serviços de abastecimento de telefonia, rede de energia elétrica, água, o escoamento das águas pluviais, a coleta e o lançamento de efluentes sanitários, tratamento de efluentes, resíduos sólidos, a permeabilidade do solo, o estacionamento ( número de vagas, dimensão e cobertura) e o fluxo de trânsito (projeto geométrico e funcional do acesso de veículos), embarque e desembarque; 
  • Análise da demanda dos equipamentos urbanos e comunitários, públicos e privados, no setor social, da educação e saúde, incluindo acessibilidade (PNE); 
  • Laudo de ruídos (poluição sonora); 
  • Análise de Periculosidade e Riscos Ambientais; 
  • Análise fotográfica do empreendimento; 
  • Emissão de ART – Anotação de Responsabilidade Técnica. 

Ao final será elaborado um relatório técnico apresentando as considerações levantadas em campo, contemplando os efeitos positivos e negativos do empreendimento, a análise dos impactos quanto ao adensamento populacional, os equipamentos urbanos e comunitários, o uso e ocupação do solo, a valorização imobiliária, a geração de tráfego, a demanda por transporte público, a paisagem urbana, o patrimônio natural e cultural. 

As conclusões do Estudo de Impacto de Vizinhança poderão aprovar o empreendimento ou a atividade, estabelecendo condições ou contrapartidas para seu funcionamento. 

Saiba Mais
Open chat